ANÁLISE DE RENTABILIDADE E RISCO NA PRODUÇÃO DE CANA-DE-AÇÚCAR NA REGIÃO NORTE DO ESTADO DE SÃO PAULO SOB DOIS TIPOS DE ARRANJOS CONTRATUAIS

Fernando Bergantini Miguel, Maura Seiko Tsutsui Esperancini, Regina Kitagawa Grizotto, Ivana Marino Barbaro, Jose Antonio Alberto da Silva, Gustavo Rezende Siqueira

Resumo


Objetivou-se com este estudo avaliar a rentabilidade do uso da terra para a produção de cana-de-açúcar na região Norte de São Paulo, sob condições de risco em duas óticas, a do produtor fornecedor e do proprietário arrendatário. Os fornecedores apresentaram rentabilidade superior aos arrendatários, embora com maiores níveis de riscos. Os proprietários de terra mais aversos ao risco se ajustam melhor ao sistema de arrendamento, uma vez que a rentabilidade mínima é maior, que a rentabilidade dos fornecedores. Entretanto, se o produtor estiver disposto ao risco da produção, pode alcançar rentabilidade de aproximadamente 3 (três) vezes àquela obtida pelos arrendatários.

 

Palavras-chave: Desempenho econômico, viabilidade, cana-de-açúcar, São Paulo.

 

ANALYSIS OF RISK AND RETURN IN THE PRODUCTION OF SUGARCANE IN THE NORTH REGION OF THE STATE OF SÃO PAULO UNDER TWO TYPES OF PRODUCTIVE CONNTRACTUAL ARRANGEMENTS

 

SUMMARY: This study was to evaluate the profitability of land use for production of sugar cane in the São Paulo North Region, under risk conditions, from two views: the owner operator and the cash rental operator. The owner operators have higher levels of profitability comparing to cash rental owners, but with higher levels of risk. The land owners aversive to risk fits better to rent system, since the minimum return is greater than the profitability of owners operators. Moreover, if the producer is willing to production risk, the income may reach approximately 3 times that one obtained by the tenants.

 

Keywords: Economic performance, viability, sugar cane, São Paulo. 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17224/EnergAgric.2011v26n1p21-38