CARACTERIZAÇÃO DA CINZA DA CASCA DE ARROZ VERMELHO PARA APLICAÇÃO COMO MATERIAL POZOLÂNICO

  • José Ronaldo Júnior Brandão
  • Fernanda Fernandes de Melo Lopes Universidade Federal da Paraíba
  • Helen Carolline Macedo Oliveira
  • José Neto Pinheiro Lopes Universidade Federal de Campina Grande
  • Guttemberg Silva Silvino Universidade Federal da Paraíba

Resumo

CARACTERIZAÇÃO DA CINZA DA CASCA DE ARROZ VERMELHO PARA APLICAÇÃO COMO MATERIAL POZOLÂNICO

 

JOSÉ RONALDO BRANDÃO JÚNIOR 1, FERNANDA FERNANDES DE MELO LOPES2, HELEN CAROLINE MACEDO OLIVEIRA3, JOSÉ PINHEIRO LOPES NETO 4, GUTTEMBERG DA SILVA SILVINO5

 

1 Mestrando no PPG em Engenharia Agrícola - UFCG, Rua Aprígio Veloso, nº 882, Bloco CK, bairro Universitário, CEP 58429-900, Campina Grande, PB, Brasil. ronaldopicui@hotmail.com

2 Professora do Departamento de Solos e Engenharia Rural – UFPB. Rodovia PB-079, s/n, CEP 58397-000, Areia, PB, Brasil. fndlopes@gmail.com

3 Engenheira Agrônoma – UFPB. Rodovia PB-079, s/n, CEP 58397-000, Areia, PB, Brasil. helencarollinemac.o.hc@gmail.com

4 Professor da Unidade Acadêmica de Engenharia Agrícola - UFCG, Rua Aprígio Veloso, nº 882, Bloco CK, bairro Universitário, CEP 58429-900, Campina Grande, PB, Brasil. lopesneto@gmail.com

2 Professor do Departamento de Solos e Engenharia Rural – UFPB. Rodovia PB-079, s/n, CEP 58397-000, Areia, PB, Brasil. guttemberg@cca.ufpb.br

 

RESUMO: Um dos principais problemas na produção do arroz está centrado na quantidade de resíduo gerado nessa atividade, cerca de 20% corresponde a casca, que na maioria das vezes é descartada de forma inadequada. A cinza oriunda da queima controlada da casca do arroz pode fornecer um material pozolânico rico em sílica, que quando aplicado na elaboração das argamassas pode melhorar suas propriedades físicas e mecânicas, além de contribuir com a durabilidade da argamassa. Objetivou-se com esse estudo avaliar a viabilidade da utilização da casca de arroz vermelho na obtenção de cinza pozolânica e o seu desempenho quando adicionadas na argamassa, em substituição parcial ao cimento Portland. As cascas foram calcinadas em três temperaturas (500, 600 e 700°C) e períodos de tempo (2, 4 e 6 horas); após a calcinação as cinzas obtidas foram caracterizadas através da tonalidade, rendimento, índice de atividade pozolânica, termogravimetria (TGA) e térmica diferencial (DTA). A influência da pozolanicidade das cinzas na resistência mecânica das argamassas foi determinada através da comparação de corpos-de-prova, elaborados com e sem substituição parcial de 10% de cimento Portland por cinzas. Com os dados encontrados observou-se que a queima controlada a temperatura de 600°C por 4 horas apresentou as melhores características de pozolanicidade estudadas e a argamassa com a incorporação de 10% de cinza da casca de arroz vermelho apresentou resistência à compressão superior à argamassa sem substituição.

 

Palavras chave: Oryza, resíduo, calcinação, pozolanicidade.

 

CHARACTERIZATION OF RED RICE SHELL ASH FOR APPLICATION AS POZZOLANIC MATERIAL

 

ABSTRACT: The main problem in rice production is centered on the amount of residue generated in this activity, about 20% corresponds to bark, which is most often discarded inappropriately. The ash from the controlled burning of the rice husk can provide a pozzolanic material rich in silica, which when applied in the preparation of the mortars can improve its physical and mechanical properties, besides contributing to the durability. The objective of this study was to evaluate the viability of the use of red rice hulls in obtaining pozzolanic ash and their performance when added to the mortar, in partial replacement with Portland cement. The peels were calcined at three temperatures (500, 600 and 700 ° C) and time periods (2, 4 and 6 hours); After calcination the ashes obtained were characterized by tonality, yield, pozzolanic activity index, thermogravimetry (TGA) and differential thermal (DTA). The influence of the ash pozzolanicity on the mechanical strength of the mortars was determined by comparing specimens made with and without partial replacement of 10% Portland cement by ash. With the data found, it was observed that the controlled burning at 600 ° C for 4 hours showed the best characteristics of pozolanicity studied and the mortar with the incorporation of 10% of red rice hull ash showed superior compressive strength to the mortar without replacement.

 

Keywords: Oryza, residue, cinder, pozolanicity.

Biografia do Autor

Fernanda Fernandes de Melo Lopes, Universidade Federal da Paraíba
Engenheira agrícola com doutorado em engenharia de processos, lotada no Departamento de Solos e Engenharia Rural da Universidade Federal da Paraíba, atuando nas áreas de construções rurais, desenvolvimento de materiais de construção e ambiência animal.
Publicado
2020-03-20
Seção
Construções Rurais e Ambiência