RELAÇÕES MASSA-VOLUME DO SOLO, VARIABILIDADE ESPACIAL DA RESISTÊNCIA À PENETRAÇÃO E PRODUTIVIDADE DO MILHO EM SISTEMAS DE MANEJO

  • Kamila Borges Castilho
  • Jorge Wilson Cortez Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD Faculdade de Ciências Agrárias
  • Nelci Olszevski
  • Alessandra Monteiro Salviano
  • Salvio Napoleão Soares Arcoverde

Resumo

RELAÇÕES MASSA-VOLUME DO SOLO, VARIABILIDADE ESPACIAL DA RESISTÊNCIA À PENETRAÇÃO E PRODUTIVIDADE DO MILHO EM SISTEMAS DE MANEJO

 

KAMILA BORGES CASTILHO1, JORGE WILSON CORTEZ1, NELCI OLSZEVSKI2, ALESSANDRA MONTEIRO SALVIANO3, SÁLVIO NAPOLEÃO SOARES ARCOVERDE1

 

1Faculdade de Ciências Agrárias, Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD, Rodovia Dourados-Itahum, km 12, Cidade Universitária, CEP: 79.804-970, Caixa-Postal: 533, Dourados, MS, Brasil. kamila_castilho45@hotmail.com; jorge.cortez@yahoo.com.br; salvionapoleao@gmail.com.

2Engenharia Agrícola e Ambiental, Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF, Av. Antônio C. Magalhães, 510, Country Club, CEP:48902-300, Juazeiro, BA, Brasil. nelci.olszevski@univasf.edu.br.

3Embrapa Semiárido, Rodovia BR-428, Km 152, s/n - Zona Rural, CEP: 56302-970, Petrolina, PE, Brasil. alessandra.salviano@embrapa.br.

 

RESUMO: Estudos envolvendo as características do solo permitem melhor utilização e aplicação de tecnologias agrícolas, visando a adequada capacidade produtiva. Assim, o trabalho teve por objetivo a avaliação da influência de sistemas de manejo nas relações de massa-volume, na variabilidade espacial da resistência do solo à penetração e na produtividade da cultura do milho. Foram utilizados seis sistemas de manejo em latossolo vermelho distroférrico: sem preparo (T0); uma operação de escarificação (T1); duas escarificações e uma gradagem niveladora (T2); uma aração e quatro gradagens destorroadoras-niveladoras (T3); uma gradagem destorroadora-niveladora (T4); uma escarificação e uma gradagem destorroadora-niveladora (T5). Os valores de densidade e porosidade total observados foram considerados dentro da faixa adequada para solos argilosos. A macroporosidade apresentou valores críticos de aeração nas três camadas avaliadas dos sistemas T0 e T2, na camada de 0,00-0,05 m no sistema T3 e em todos os sistemas na camada de 0,20-0,25 m. Na espacialização da RP houve variações dos dados nos perfis do solo, sendo possível observar valores altos e muito altos (>4 MPa), que podem causar restrição ao desenvolvimento radicular das plantas. Não houve diferenças entre os sistemas de manejo na avaliação da produtividade.

 

Palavras-chaves: agricultura de precisão, compactação do solo, geoestatística.

 

MASS-VOLUME RELANTIONSHIPS, SPATIAL VARIABILITY OF THE SOIL MECHANICAL RESISTANCE TO PENETRATION AND CORN YIELDS IN MANAGEMENT SYSTEMS

 

ABSTRACT: The application of technology is necessary, especially in agricultural research that studies the soil and its productive capacity. The aim of this study was to evaluate the physical characteristics of the soil and spatial variability of penetration resistance in the soil profile in cropping systems and their influence on yields in a Dystroferric Red Latosol (oxisol) in area consisting of six management systems. The density and total porosity was considered adequate; the macroporosity critical limits aeration and microporosity was considered adequate. In the maps RP there were variations of the soil data profiles, which can be observed very high peak values and RP (> 4 MPa), which may cause restriction of root growth. There were no significant differences between management systems in productivity assessment.

 

Keywords: precision agricultural, compression, geostatistics.

Biografia do Autor

Kamila Borges Castilho

Egresso da UFGD.

Jorge Wilson Cortez, Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD Faculdade de Ciências Agrárias

Professor Adjunto. Área de Mecanização, Máquinas e Implementos Agrícolas.

Nelci Olszevski

Profa. Dra. UNIVASF.

Alessandra Monteiro Salviano

Pesquisadora Dra. Embrapa Semiárido.

Salvio Napoleão Soares Arcoverde

Pós Doutorando da UFGD.

Publicado
2019-12-05
Seção
Automação e Otimização de Máquinas e Equipamentos Agrícolas