Caracterização CARACTERIZAÇÃO DE RESÍDUOS AGROINDUSTRIAIS DA REGIÃO DO DISTRITO FEDERAL PARA FINS ENERGÉTICOS

  • BRUNA BARBARA MACIEL AMORAS ORELLANA Universidade de Brasília
  • Ailton Teixeira do Vale Universidade de Brasília
  • Jorge Breno Palheta Orellana
  • Bruno Sant'Anna Chaves Serviço Florestal Brasileiro
  • Alessandro César de Oliveira Moreira

Resumo

CARACTERIZAÇÃO DE RESÍDUOS AGROINDUSTRIAIS DA REGIÃO DO DISTRITO FEDERAL PARA FINS ENERGÉTICOS

 

BRUNA BARBARA MACIEL AMORAS ORELLANA¹, AILTON TEIXEIRA DO VALE², JORGE BRENO PALHETA ORELLANA³, BRUNO SANT'ANNA CHAVES4, ALESSANDRO CÉZAR DE OLIVEIRA MOREIRA5

 

¹Heko Tech Consultoria, SIG, Quadra 4, Lote 25, CEP 70610-440, Brasília, Distrito Federal, Brasil, bruna_amoras@hotmail.com

² Departamento de Engenharia Florestal, Universidade de Brasília, Campus Darcy Ribeiro, s/n, CEP 70910-900, Brasília, Distrito Federal, Brasil, ailton.vale@gmail.com

³Heko Tech Consultoria, SIG, Quadra 4, Lote 25, CEP 70610-440, Brasília, Distrito Federal, Brasil, breno_jb@hotmail.com

4Laboratório de Bioenergia, Serviço Florestal Brasileiro, SCEN, Trecho 2, CEP 70818-900, Brasília, Distrito Federal, Brasil, bruno.chaves@florestal.gov.br

5Laboratório de Produtos Florestais, Serviço Florestal Brasileiro, SCEN, Trecho 2, CEP 70818-900, Brasília, Distrito Federal, Brasil, alessandro.moreira@florestal.gov.br

 

RESUMO: O Distrito Federal, apesar do seu restrito limite geográfico, tem apresentado potencial de crescimento e desenvolvimento de uma das agriculturas mais tecnológicas do país. As atividades agrícolas geram expressiva quantidade de resíduos que podem se tornar um passivo ambiental se não forem corretamente destinados. Visando contribuir para que o agronegócio da região do DF seja mais eficiente e sustentável, este trabalho objetivou caracterizar alguns resíduos agrícolas para seu aproveitamento energético. Utilizaram-se 10 tipos de resíduos, a fim de determinar o teor de umidade, análise imediata, análise química, granulometria, poder calorífico, densidade a granel e densidade energética. Os resíduos que apresentaram características energéticas mais aceitáveis foram: madeira de madeireira, madeira de construção civil, palha de milho e sabugo de milho. O feijão foi satisfatório, com ressalvas para o teor de cinzas. A quirela de milho e de sorgo não apresentou aptidão como fonte de energia devido ao excesso de amido.

 

Palavras-chave: agricultura, bioenergia, biomassa, centro-oeste, energias renováveis.

 

CHARACTERIZATION OF AGRICULTURAL RESIDUES FROM FEDERAL DISTRICT REGION FOR ENERGY PURPOSES

 

ABSTRACT: The Federal District, although restricted geographical limit, has shown potential for growth and development of one of the most technological agriculture in the country. Agricultural activities generate a significant amount of waste that can become an environmental liability if not properly disposed. Aiming to contribute to the DF region agribusiness be more efficient and sustainable, this paper aims to characterize some agricultural residues for energy use. It was used 10 types of residues, where the moisture content, immediate analysis, chemical analysis, granulometry, heating value, bulk density and energy density were verified. The residues that presented the most acceptable energy characteristics were: timber, construction timber, corn straw and corn cob. The beans were satisfactory, with caveats to the ash content. Quirela of corn and sorghum showed no aptitude as energy source due to excess starch.

 

Keywords: agriculture, bioenergy, biomass, midwest, renewable energy.

Publicado
2020-03-20
Seção
Biomassa e Bioresíduos