ANÁLISE ENERGÉTICA DA PRODUÇÃO DE PALMA DE ÓLEO (Elaeis guineenses Jacq.) NO ESTADO DO PARÁ

  • Mateus de Oliveira Silva Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Shirley da Costa Lima Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Myrella Katlhen da Cunha de Araujo Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA
  • Carlos Renato Guedes Ramos
  • Rafaelly Suzanye da Silva Santos Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Magnun Antonio Penariol da Silva Universidade Federal Rural da Amazônia

Resumo

ANÁLISE ENERGÉTICA DA PRODUÇÃO DE PALMA DE ÓLEO (Elaeis guineenses Jacq.)  NO ESTADO DO PARÁ

 

MATEUS DE OLIVEIRA SILVA1, SHIRLEY DA COSTA LIMA2, MYRELLA KATLHEN DA CUNHA DE ARAUJO3, CARLOS RENATO GUEDES RAMOS4, RAFAELLY SUZANYE DA SILVA SANTOS5, MAGNUN ANTONIO PENARIOL DA SILVA6

 

1 Bacharel em Engenharia Agrícola, Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA, (PA 451, Km 03, Bairro Açaizal, 68680-000, Tomé-Açu, Pará, Brasil) e mateuseng.agricola@gmail.com.

2 Bacharel em Engenharia Agrícola, Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA, (PA 451, Km 03, Bairro Açaizal, 68680-000, Tomé-Açu, Pará, Brasil) e shirleylimatst@gmail.com.

3 Acadêmica do curso de Bacharelado em Engenharia Agrícola, Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA, (PA 451, Km 03, Bairro Açaizal, 68680-000, Tomé-Açu, Pará, Brasil) e myrellakaraujo@gmail.com.

4 Professor adjunto C da Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus de Tomé-Açu/PA, (PA 451, Km 03, Bairro Açaizal, 68680-000, Tomé-Açu, Pará, Brasil) e carlosrgramos@outlook.com.

5 Professora adjunta C da Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus de Tomé-Açu/PA, (PA 451, Km 03, Bairro Açaizal, 68680-000, Tomé-Açu, Pará, Brasil) e rafaellysuzanye@gmail.com.

6 Orientador. Professor adjunto C da Universidade Federal Rural da Amazônia, Campus de Tomé-Açu/PA, (PA 451, Km 03, Bairro Açaizal, 68680-000, Tomé-Açu, Pará, Brasil) e penariol@gmail.com.

 

RESUMO: A palma de óleo (Elaeis guineenses Jacq.) é uma espécie originária da costa africana com expressiva produção em todo mundo. As principais regiões produtoras no Brasil são norte e nordeste, com destaque aos estados do Pará, Bahia e Roraima. O objetivo foi realizar uma análise energética de produção de palma de óleo em três municípios do estado do Pará (Tomé-Açu, Moju e Tailândia), identificando o quantitativo de energia investida nas atividades de manejo cultural e a energia obtido através do beneficiamento e produção do biodiesel. Portanto, o estudo foi realizado em fazendas da empresa Belém Bioenergia Brasil localizadas nos municípios de Tomé-Açu, Moju e Tailândia. Os dados coletados foram sobre as operações de limpeza, adubação e colheita de toda área produtiva. Como resposta, a entrada cultural foi de 821739762,50 MJ, saída útil de 1106150299,00 MJ, energia cultural líquida de 284415536,30 MJ e eficiência cultural de 1,34. Também, o maior consumo de energia foi direcionado a aplicação de fertilizante nitrogenado (N) com gasto energético de 562789633,3 MJ. Com todas as entradas e saídas, a produção do dendê foi considerada uma atividade viável.

 

Palavras-chaves: biocombustível, dendê, balanço energético.

 

ENERGY ANALYSIS OF PALM OIL PRODUCTION (Elaeis guineenses Jacq.) IN THE STATE OF PARÁ

 

ABSTRACT: The oil palm (Elaeis guineenses Jacq.) is a species originally from African coast with significant production worldwide. The main producing regions in Brazil are north and northeast, with emphasis in the state of Pará, Bahia and Roraima. The aim of this study was to conduct an energy analysis of oil palm production in three municipalities in the state of Pará (Tomé-Açu, Moju and Tailândia), identifying the amount of energy invested in cultural management activities and the energy obtained through processing and production of biodiesel. Therefore, the study was carried out on farms owned by the company Belém Bioenergia Brasil located in the municipalities of Tomé-Açu, Moju and Tailândia. The data collected were about the cleaning, fertilizing and harvesting operations of the entire productive area. In response, cultural input was 821739762.50 MJ, useful output of 1106150299.00 MJ, net cultural energy of 284415536.30 MJ and cultural efficiency of 1.34. Also, the highest energy consumption was directed to the application of nitrogen fertilizer (N) with an energy expenditure of 562789633.3 MJ. With all inputs and outputs, oil palm production was considered a viable activity.

 

Keywords: biofuel, oil palm, energetic balance.

Publicado
2020-06-26
Seção
Processamento e Balanço Energético de Produtos e Derivados Agropecuários