CRESCIMENTO E PRODUÇÃO DE GIRASSOL ORNAMENTAL IRRIGADO COM DIFERENTES LÂMINAS E DILUIÇÕES DE ÁGUA RESIDUÁRIA

Mariana Lays Andrade Oliveira, Vital Pedro da Silva Paz, Karoline Santos Gonçalves, Greice Ximena Santos Oliveira

Resumo


Crescimento e Produção de girassol ornamental irrigado com diferentes lâminas E diluições de água residuária

 

 

MARIANA LAYS ANDRADE OLIVEIRA¹; VITAL PEDRO DA SILVA PAZ²; KAROLINE SANTOS GONÇALVES³ E GREICE XIMENA SANTOS OLIVEIRA4

 

¹Núcleo de Engenharia de Água e Solo, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Cruz das Almas, BA, mary_lays@hotmail.com

²Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Cruz das Almas, BA, vitalpaz@ufrb.edu.br

³Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Cruz das Almas, BA, karolinesg@yahoo.com.br

4Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado da Bahia, Salvador, BA, gximena@gmail.com

 

 

1 RESUMO

 

O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento e a produção de girassol ornamental submetido à irrigação com diferentes lâminas e diluições de água residuária. O experimento foi conduzido em delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 5x4 com 4 repetições, em casa de vegetação no Núcleo de Engenharia de Água e Solo (NEAS), pertencente à Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, localizada no município de Cruz das Almas - BA. A cultivar utilizada foi a Anão de Jardim e os tratamentos foram constituídos por cinco concentrações de água residuária diluídas em água de abastecimento (0, 25, 50, 75 e 100%) e quatro lâminas de irrigação obtidas a partir das percentagens de evaporação do tanque classe A (70, 90, 110 e 130%). As variáveis analisadas foram: altura da planta (AP), diâmetro do caule (DC), número de folhas (NF), massa fresca e seca da parte aérea (MFPA e MSPA), dias para o aparecimento de botões florais (DABF), dias para o período de floração (DPF), dias para abertura total dos capítulos (DATC), diâmetros internos e externos dos capítulos (DI e DE), massa fresca e seca dos capítulos (MFC e MSC), além da estimativa do consumo hídrico da planta (CH). Os resultados obtidos mostraram que, com exceção da AP, todas as variáveis foram influenciadas pelas lâminas de irrigação ou pelas diluições de água residuária, não havendo influência significativa da interação entre os fatores para nenhuma das variáreis avaliadas. O uso de água residuária e a lâmina de 110% da evaporação do tanque classe A favoreceram o desenvolvimento do girassol. O menor e maior consumo hídrico da cultura foi observado nas lâminas de 70 e 130%, respectivamente.

 

Palavras-chave: Reuso, cv. Anão de jardim, tanque Classe A.

 

 

OLIVEIRA, M. L. A.; PAZ, V. P. da S.; GONÇALVES, K. S.; OLIVEIRA, G. X. S.

GROWTH AND PRODUCTION OF ORNAMENTAL SUNFLOWER IRRIGATED WITH DIFFERENT DEPTHS AND CONCENTRATIONS OF WASTEWATER

 

 

 

 

2 ABSTRACT

 

The aim of this study was to evaluate the ornamental sunflower production subjected to different depths and concentration of wastewater. The experiment was conducted in experimental design completely randomized in a factorial 5x4 with 4 repetitions in a greenhouse at the Center of Water and Soil Engineering (NEAS), of the Federal University of Recôncavo da Bahia, located in Cruz das Almas, BA, Brazil. The cultivar used was cv. Anão de Jardim and the treatments consisted of five wastewater concentrations diluted in water supply (0, 25, 50, 75 and 100%) and four irrigations blades obtained through evaporation of the percentages of the class A pan (70, 90 , 110 and 130%). The variables analyzed were: plant height (AP), stem diameter (DC), number of leaves (NF), fresh and dry weight of the aerial part (MFPA and MSPA), days for the appearance of flower buds (DABF), days to flowering period (DPF), days for full opening of chapters (DATC), internal and external diameters of the chapters (DI and DE), fresh and dry weight of chapters (MFC and MSC), and the estimate of water consumption plant. The results showed that, except for the AP, all variables were influenced by the irrigation blades or the wastewater concentrations, and there was no significant influence of interaction between factors for any evaluated variables. The use of wastewater and 110% evaporation of the class A pan depth favored the development of sunflower. The lower and higher water consumption of the culture was observed in depths 70% and 130%, respectively.

 

Keywords: reuse, cv. Anão de Jardim, class A pan.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15809/irriga.2017v22n1p204-219

Direitos autorais 2017 IRRIGA