PRODUÇÃO DE MARACUJAZEIRO AMARELO NO SOLO COM CALCÁRIO E POTÁSSIO SOB IRRIGAÇÃO COM ÁGUA SALINA

  • Lourival Ferreira Cavalcante Universidade Federal da Paraíba
  • Clodoaldo Júnior Oliveira Santos Universidade Federal da Paraíba
  • José Simplício de Holanda Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte/EMPARN
  • Antonio João de Lima Neto Universidade Federal de Vçosa
  • Antônio Gustavo de Luna Souto Universidade Federal de Viçosa
  • Tony Andreson Guedes Dantas Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Resumo

PRODUÇÃO DE MARACUJAZEIRO AMARELO NO SOLO COM CALCÁRIO E POTÁSSIO SOB IRRIGAÇÃO COM ÁGUA SALINA

 

 

LOURIVAL FERREIRA CAVALCANTE1; CLODOALDO JÚNIOR OLIVEIRA SANTOS1; JOSÉ SIMPLÍCIO DE HOLANDA2; ANTONIO JOÃO DE LIMA NETO3; ANTÔNIO GUSTAVO DE LUNA SOUTO4 E TONY ANDRESON GUEDES DANTAS5

 

 

1 Universidade Federal da Paraíba, Departamento de Solos e Engenharia Rural, Rodovia BR 079 - Km 12, 58.397-000, Areia, PB, Brasil. E-mail: lofeca@cca.ufpb.br; agrosantos@bol.com.br 

2 Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte, Av. Eliza Branco Pereira dos Santos, s/nº, Parque das Nações, 59.158-160, Parnamirim, RN, Brasil. E-mail: simplicioemparn@rn.gov.br

3 Universidade Federal do Ceará, Departamento de Fitotecnia, Campus do Pici, Av. Mister Hull, 2977, Bloco 805, 60.356-001, Fortaleza, CE, Brasil. E-mail: limanetoagro@hotmail.com

4 Universidade Federal da Paraíba, Departamento de Fitotecnia e Ciências Ambientais, Rodovia BR 079 - Km 12, 58.397-000, Areia, PB, Brasil. E-mail: gusluso@hotmail.com

5 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Rodovia CE-187, s/n, Aeroporto, 62.320-000, Tianguá, CE, Brasil. E-mail: tony.dantas@ifce.edu.br

 

 

1 RESUMO

 

O experimento foi conduzido no município de Coronel Ezequiel, Rio Grande do Norte, para avaliar os efeitos do calcário calcítico e doses de K2O, na forma de cloreto de potássio, nos componentes de produção do maracujazeiro amarelo e no aumento da salinidade do solo provocado pela irrigação com água salina de 3,6 dS m-1 durante o período da aridez e na lixiviação dos sais do ambiente radicular das plantas promovida pelas águas do período chuvoso. Os tratamentos foram dispostos em delineamento em blocos casualizados usando arranjo fatorial 3 × 2, referente as doses de calcário de 1,4; 2,5 e 3,6 t ha-1, 80 e 160 kg ha-1 de K2O na forma de cloreto de potássio. Pelos resultados, a irrigação com água salina (3,6 dS m-1), em comparação com dados da literatura de plantas irrigadas com água de boa qualidade, não comprometeu a capacidade produtiva do maracujazeiro amarelo. Dentre os tratamentos, a combinação de 80 kg ha-1 de K2O com 3,6 t ha-1 de calcário calcítico proporcionou os maiores valores de massa média dos frutos, produção por planta e produtividade da cultura. Apesar da alta salinidade da água de irrigação elevar o caráter salino do solo no ambiente radicular das plantas durante o período da estiagem, as águas do período chuvoso e as condições físicas do solo proporcionam a lixiviação dos sais e possibilitam o uso de água com restrições salinas na agricultura.

 

Palavras-chave: Passiflora edulis, calagem, lixiviação de sais

 

 

CAVALCANTE, L. F.; SANTOS, C. J. O.; HOLANDA, J. S.; LIMA NETO, A. J.; SOUTO, A. G. L.; DANTAS, T. A. G.

YELLOW PASSION FRUIT PLANTS PRODUCTION ON SOIL WITH LIME AND POTASSIUM UNDER IRRIGATION WITH SALINE WATER

 

 

 

2 ABSTRACT

 

The experiment was carried out in Coronel Ezequiel county, Rio Grande do Norte, Brazil, in order to evaluate the effects of limestone and chloride potassium in production components of yellow passion fruit plants and soil salinity, caused by irrigation with saline water of 3.6 dS m-1 during the dry season, and salt leaching of the soil promoted by waters of the rainy season. Treatments were arranged in randomized blocks using factorial design of 3 × 2, referring to three levels of limestone,  1.4, 2.5 and 3.6 t ha-1 and two potassium levels,  80 and 160 kg ha-1 in potassium chloride form. According to present results, irrigation with saline water (3.6 dS m-1), in comparison with data from the literature about plants irrigated with non-saline water, did no compromise the productive capacity of yellow passion fruit. Among the treatments, the combination of 80 kg ha-1 of K2O with 3.6 t ha-1 of limestone provided the fruits production with more mean mass, yield per plant and crop yield. Although the high salinity of the irrigation water increases the soil saline character on root environment of the plants during the dry season, the rainy season waters and the soil physical conditions provide the salt leaching and allow the use of water with saline restrictions in agriculture.

 

Keywords: Passiflora edulis, liming, salt lixiviation

Biografia do Autor

Antonio João de Lima Neto, Universidade Federal de Vçosa
Possui graduação em Licenciatura em Ciências Agrárias pela Universidade Estadual da Paraíba em 2007. É Engenheiro Agrônomo, formado pela Universidade Federal da Paraíba em 2011. Mestre em Agronomia/Produção Vegetal (Área de Concentração em Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho em 2014. Atualmente é Doutorando do Programa de Pós-graduação em Fitotecnia/Produção Vegetal (Área de Concentração em Nutrição Mineral, Adubação e Produção de Culturas) pela Universidade Federal de Viçosa. Atua na área de Agronomia com ênfase em Salinidade do Solo e da Água de Irrigação, Biofertilizante Bovino, Adubação e Nutrição, especialmente de plantas frutíferas.
Publicado
2018-12-21
Seção
Artigos