CONSTRUÇÃO DE LISÍMETRO DE PESAGEM DE SEÇÃO CIRCULAR PARA A MEDIÇÃO DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DE REFERÊNCIA (ET0): SISTEMA COM TRÊS CÉLULAS DE CARGA

  • Daniel Gonçalves Gomes Junior Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP / FCA - Botucatu
  • Alexandre Dal Pai Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP / FCA - Botucatu
  • Enzo Dal Pai Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP / FCA - Botucatu

Resumo

CONSTRUÇÃO DE LISÍMETRO DE PESAGEM DE SEÇÃO CIRCULAR PARA A MEDIÇÃO DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DE REFERÊNCIA (ET0): SISTEMA COM TRÊS CÉLULAS DE CARGA

 

 

DANIEL GONÇALVES GOMES JUNIOR1; ALEXANDRE DAL PAI2 E ENZO DAL PAI3

 

1Doutorando, Dpto. de Engenharia Rural, Programa de Pós-Graduação em Irrigação e Drenagem, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Faculdade de Ciências Agronômicas, Fazenda Experimental Lageado, Av. Universitária, 3780, 18610-034, Altos do Paraíso, Botucatu/SP/Brasil, daniel.g.g.jr@gmail.com

2Doutor, Dpto. de Bioprocessos e Biotecnologia, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Faculdade de Ciências Agronômicas, Fazenda Experimental Lageado, Av. Universitária, 3780, 18610-034, Altos do Paraíso, Botucatu/SP/Brasil, dal.pai@unesp.br

3Doutor, Dpto. de Engenharia Rural, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Faculdade de Ciências Agronômicas, Fazenda Experimental Lageado, Av. Universitária, 3780, 18610-034, Altos do Paraíso, Botucatu/SP/Brasil, enzo-dal.pai@unesp.br

 

 

1 RESUMO

 

A mensuração da evapotranspiração de uma determinada localidade é de suma importância para o uso racional da água nos sistemas agrícolas. Havendo esta medida, é possível quantificar com precisão a necessidade hídrica das culturas. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um lisímetro de pesagem, para medir a evapotranspiração de referência. Este equipamento é composto de uma estrutura de concreto armado em formato circular havendo um poço de visita, com um tanque de capacidade volumétrica de 1,5 m³. O sistema de pesagem possui um tripé de sustentação reforçado com estrutura de aço-carbono com três células de carga afixadas. As informações das células de carga foram armazenadas pelo uso de um datalogger 21-X da Campbell Scientific®. A manutenção da umidade do solo, quando na capacidade de campo, foi realizada em função das leituras obtidas do datalogger em conjunto com uso de tensiômetros/vacuômetros instalados para uma profundidade de 0,2 m dentro e fora do tanque, na zona tampão, sendo estabelecido um turno de rega médio de três dias. A metodologia empregada na construção, montagem, automação e calibração apresentou-se adequada, obtendo-se coeficiente de determinação (R²) de 0,9998. Como resultado prático, o valor médio de 3,5 mm/dia de evapotranspiração é indicativo de uma boa funcionalidade do equipamento para o ambiente de estudo em questão.

 

Palavras-chave: fluxo de água, irrigação, requerimento hídrico.

 

 

GOMES JR, D. G.; DAL PAI, A.; DAL PAI, E.;

CONSTRUCTION OF A CIRCULAR SECTION FOR WEIGHING LYSIMETER

FOR THE MEASUREMENT OF REFERENCE EVAPOTRANSPIRATION (ET0): THREE LOAD CELL SYSTEM

 

 

 

 

 

2 ABSTRACT

 

Evapotranspiration measurement of a given locality is very relevant for  the rational use of water in agricultural systems. With this measure, it is possible to quantify with greater precision the water requirement of crops. The main objective of this work was to develop a weighing lysimeter to measure reference evapotranspiration. This equipment is composed of a concrete structure in circular format, having a visiting well with a tank with volumetric capacity of 1.50 m³. The weighing system was designed on the basis of a reinforced support tripod with carbon steel frame and three load cells affixed. Load cell measurements were stored using a Campbell Scientific® 21-X datalogger. The soil moisture maintenance, when in the field capacity, was done according to the readings obtained from the datalogger in conjunction with tensiometers / vacuometers installed to a depth of 0.20 m inside and outside of the tank, and a three-day interval of irrigation was defined. The methodology presented in this work and used in the construction, automation and calibration processes was adequate, providing  a coefficient of determination (R²) of 0.9998 proving that the equipment can provide accurate measurements. As a practical result for the study environment, the average evapotranspiration value of 3.5 mm/day is a good indicative of the equipment functionality.

 

Keywords: water flux, irrigation, water requirement.

Biografia do Autor

Daniel Gonçalves Gomes Junior, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP / FCA - Botucatu

Graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de São Carlos (2014).
Atualmente, estagiário e estudante no programa de pós graduação de irrigação e drenagem da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.
Experiência na área de Agronomia, com ênfase em Física do Solo e Climatologia, atuando principalmente nos temas relacionados ao sistema solo-água-planta-atmosfera.

Alexandre Dal Pai, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP / FCA - Botucatu
Possui graduação em Física pela Universidade de São Paulo (1998), mestrado em Agronomia (Energia na Agricultura) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001) e doutorado em Agronomia (Energia na Agricultura) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2005). Atualmente é docente da Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP/Botucatu, onde leciona as disciplinas de física do curso de graduação em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia. Participa também lecionando e orientando na pós-graduação em Agronomia, nos programas Energia na Agricultura e Irrigação e Drenagem. Possui experiência nas áreas de energias renováveis, processos de conversão de energia solar e biomassa, modelos de estimativa da radiação solar e da fotossinteticamente ativa, além de estudos sobre métodos de medida da radiação solar difusa.
Enzo Dal Pai, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP / FCA - Botucatu
Possui graduação em Engenharia agronômica pela Universidade de São Paulo (2007), doutorado e mestrado na área de Energia na agricultura feito na UNESP-FCA, concluídos em 2010 e 2014, respectivamente. Atualmente auxilia no ensino de graduação ao curso de Engenharia Agronômica e no programa de pós-graduação de Irrigação e Drenagem da UNESP-FCA-Botucatu. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Agrometeorologia/Climatologia e hidráulica, atuando principalmente nos seguintes temas: monitoramento/sensoriamento ambiental, medição da radiação solar, desenvolvimento de software básico para agricultura, energia solar na agricultura, modelagem matemática de elementos climáticos, evapotranspiração.
Publicado
2019-09-27
Seção
Artigos