SISTEMA SIMPLIFICADO DE TRATAMENTO DE ÁGUA RESIDUÁRIA DOMÉSTICA PARA IRRIGAÇÃO DE HORTALIÇAS

Resumo

SISTEMA SIMPLIFICADO DE TRATAMENTO DE ÁGUA RESIDUÁRIA DOMÉSTICA PARA IRRIGAÇÃO DE HORTALIÇAS

 

 

TAMIRES LIMA DA SILVA1; RODRIGO MÁXIMO SÁNCHEZ-ROMÁN2 JOÃO GABRIEL THOMAZ QUELUZ3 VALDEMIRO SIMÃO JOÃO PITORO4

 

1Departamento de Engenharia Rural, Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Avenida Universitária, nº 3780 – CEP 18610-034, Altos do Paraíso, Botucatu, SP, Brasil, E-mail: tamireslsilva@gmail.com;

2Departamento de Engenharia Rural, Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Avenida Universitária, nº 3780 – CEP 18610-034, Altos do Paraíso, Botucatu, SP, Brasil, E-mail: rodrigo.roman@unesp.br.

3Instituto de Geociências e Ciências Extas, Universidade Estadual Paulista, Avenida 24 A,1515, CEP: 13506- 900, Rio Claro, SP, Brasil, E-mail: queluz@fca.unesp.br.

4Departamento de Engenharia Rural, Faculdade de Ciências Agrárias, Universidade de Lúrio, Campus de Unango, EN 733, Km 42, Sanga, Niassa, Moçambique, E-mail: vpitoro@gmail.com

 

 

1 RESUMO

 

Na produção de hortaliças a necessidade de irrigação pode ser constante, e a água utilizada deve apresentar boa qualidade. Após tratamento adequado, a água residuária doméstica (ARD) pode ser uma opção viável e segura de água para reúso. Este trabalho avaliou a eficiência de um sistema simplificado de tratamento de ARD composto por leito biológico filtrante e reator de desinfecção solar de concreto para fins de reúso na irrigação de hortaliças. O sistema foi instalado na Faculdade de Ciências Agronômicas-FCA, Unesp, Botucatu-SP. No reator foram testadas lâminas de 10, 15 e 20 cm. A desinfecção solar no reator gerou um efluente tratado com qualidade em acordo com a diretriz da Organização Mundial de Saúde para irrigação irrestrita (coliformes fecais ≤ 1.000 NMP 100 mL-1) após quatro horas de exposição. Considerando os parâmetros pH, CE e SDT, a ARD tratada foi classificada como “nenhuma restrição” de uso para irrigação segundo a classificação proposta pela FAO. Com os resultados médios das concentrações de N, P e K na ARD tratada, seu potencial nutricional para produção de hortaliças foi estimado em: 525,6 kg m3 ha-1 ano-1 de N, 175,2 kg m3 ha-1 ano-1 de P e 521,9 kg m3 ha-1 ano-1 de K.

 

Palavras-chave: reúso agrícola, leito biológico filtrante, desinfecção solar, efluente doméstico.

 

 

SILVA, T. L.; SÁNCHEZ-ROMÁN, R. M; QUELUZ, J. G. T; PITORO, V.S.J.

SIMPLIFIED DOMESTIC WASTEWATER TREATMENT SYSTEM FOR VEGETABLE CROP IRRIGATION

 

 

2 ABSTRACT

 

In vegetable crop production the need for irrigation can be constant, and the water used must present good quality. After adequate treatment, domestic wastewater (DW) can be a viable and safe option of water for reuse. This work evaluated the efficiency of a simplified DW treatment system composed of a biological filter bed and a solar concrete disinfection reactor for reuse in vegetable crop irrigation. The system was installed at the School of Agronomic Science-FCA, Unesp, Botucatu-SP. In the reactor, depths of 10, 15 and 20 cm were tested. The solar disinfection in the reactor resulted in a treated effluent with quality in accordance with the threshold established by the World Health Organization for unrestricted irrigation (fecal coliforms ≤ 1,000 NMP 100 mL-1) after four hours of solar exposure. Considering pH, EC and TDS parameters, the DW treated can be classified as “none restriction” use for irrigation according to the classification proposed by FAO. With the average results of N, P and K concentrations in the treated DW, its nutritional potential for vegetable crop production was estimated as:  525.6 kg m3 ha-1 year-1 to N, 175.2 kg m3 ha-1 year-1 to P and 521.9 kg m3 ha-1 year-1 to K.

 

Keywords: agricultural reuse, biological filter bed, solar disinfection, sewage. 

Biografia do Autor

Tamires Lima da Silva, Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Departamento de Engenharia Rural, mestranda em Irrigação e Drenagem
Publicado
2020-06-02
Seção
Artigos