CULTIVO DE MILHO HÍBRIDO COM MACRONUTRIENTES, URINA HUMANA E MANIPUEIRA APLICADOS VIA FUNDAÇÃO E FERTIRRIGAÇÃO

Resumo

CULTIVO DE MILHO HÍBRIDO COM MACRONUTRIENTES, URINA HUMANA E MANIPUEIRA APLICADOS VIA FUNDAÇÃO E FERTIRRIGAÇÃO

 

 

JAILTON GARCIA RAMOS1; VERA LUCIA ANTUNES DE LIMA2; MARIANA DE OLIVEIRA PEREIRA3; MARIA TERESA CRISTINA COELHO DO NASCIMENTO4; NARCÍSIO CABRAL DE ARAUJO5 E MÁRCIA CRISTINA DE ARAUJO PEREIRA6

 

1 Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande, Rua Aprígio Veloso, 882, Bairro Universitário,58428-830, Campina Grande, Paraíba, Brasil, jailtonbiossistemas@gmail.com

2 Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande, Rua Aprígio Veloso, 882, Bairro Universitário,58428-830, Campina Grande, Paraíba, Brasil, antuneslia@gmail.com

3 Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar, Universidade Federal de Campina Grande, Rua Jairo Vieira Feitosa, 1770, Pereiros, 58840-000, Pombal, Paraíba, Brasil, marianapereira.agri@gmail.com

4 Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande, Rua Aprígio Veloso, 882, Bairro Universitário,58428-830, Campina Grande, Paraíba, Brasil,teresacristina.eng@gmail.com

5Centro de Formação em Tecnociências e Inovação, Universidade Federal do Sul da Bahia, Rodovia de Acesso para Itabuna, km 39, 45613-204, Ferradas, Itabuna, Bahia, Brasil, narcisioaraujo@gmail.com

6 Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande, Rua Aprígio Veloso, 882, Bairro Universitário,58428-830, Campina Grande, Paraíba, Brasil, marcia.cris19@hotmail.com

 

 

1 RESUMO

 

O uso de resíduos orgânicos na produção agrícola é uma realidade em vários países do mundo. Nesse sentido, objetivou-se avaliar o crescimento do milho híbrido AG1051 cultivado sob fertilização química e orgânica, utilizando nitrogênio, fósforo e potássio (NPK) e combinações de manipueira e urina humana tratadas, aplicadas via solo e fertirrigação. O experimento foi realizado na Universidade Federal de Campina Grande, Campus I, Campina Grande, PB, Brasil. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com 14 tratamentos, quatro repetições, totalizando 56 unidades experimentais. Foram analisadas as variáveis altura de planta (AP), diâmetro do colmo (DC), número de folhas (NF), fitomassa fresca e seca da parte aérea (FFPA, FSPA), estado de nitrogênio na planta – índice SPAD e área foliar (AF) aos 15 dias após a emergência das plântulas. Todas as variáveis apresentaram melhores resultados em função da fertilização química com NPK, destacando-se a aplicação via fertirrigação, já a adubação orgânica promoveu valores superiores quando aplicada via solo. A variável AF apresentou aumento para todos os contrastes em relação às demais variáveis de até 147%; já a variável NF apresentou menores valores em função dos contrastes, com aumento de 2,25%.

 

Palavras-chave: Zea Mays L., adubação organomineral, ecossaneamento.

 

 

RAMOS, J.G.; DE LIMA, V.L.A.; PEREIRA, M.D.P.; NASCIMENTO, M. T. C. C.; DE ARAUJO, N.C.; PEREIRA, M.C.A.

CULTIVATION OF HYBRID MAIZE UNDER MACRONUTRIENTS, HUMAN URINE AND CASSAVA WASTEWATER APPLIED VIA BASAL DRESSING AND FERTIGATION

 

 

2 ABSTRACT

 

The use of organic waste in agricultural production is already a reality in several countries worldwide. In this context, this work aimed to evaluate the growth of hybrid maize (AG1051) under organic and chemical fertilization using nitrogen, phosphorus and potassium (NPK) and the combination of both treated cassava wastewater and human urine, applied through basal dressing and fertigation in a protected environment. The experiment was carried out at the Federal University of Campina Grande, Campus I, in the municipality of Campina Grande, state of Paraiba, Brazil. A completely randomized design was used, with 14 treatments and 4 replications, totaling 56 experimental units. Plant height (PH), stem diameter (SD), number of leaves (NL), shoot fresh matter (SFM), shoot dry matter (SDM), nitrogen in the plant – SPAD Index and leaf area (LA) variables were analyzed at 15 days after emergence. All variables presented better results as function of chemical fertilization with NPK, specially the application via fertigation. Organic fertilization promoted higher values when applied via basal dressing. The variable leaf area showed higher increase for all contrasts compared to the other variables (up to 147%). The variable number of leaves presented lower values due to the contrasts, with an increase of 2.25%. 

Keywords: Zea Mays L., organo-mineral fertilization, ecological sanitation.

Publicado
2020-06-02
Seção
Artigos