ALTERAÇÕES NA FERTILIDADE QUÍMICA DOS SOLOS EM ÁREAS DE PRODUÇÃO FAMILIAR DE MANDIOCA NO TERRITÓRIO DO ALTO SERTÃO DE ALAGOAS

Marcelo Ferreira Fernandes, Sérgio de Oliveira Procópio, Diego Fernandes de Bastos, Thadeu Nascimento Machado

Resumo


Objetivou-se neste trabalho identificar alterações na fertilidade química dos solos (FQS) emresposta ao cultivo de mandioca em áreas de produção familiar no Território do Alto Sertão Alagoano.Amostras de solo de sítios cultivados e sob vegetação nativa em 12 propriedades agrícolas foramavaliadas quanto a pH, matéria orgânica (MO), P, K, Ca, Mg, Al+H e CTC. A análise conjunta destasvariáveis indicou que a FQS foi associada a fatores inerentes do solo e ao tempo de cultivo. Níveisbaixos de P, Ca, Mg, MO e CTC sob cultivo ocorreram mesmo em áreas de fertilidade natural elevada.Palavras-chave: matéria orgânica, fósforo, complexo sortivo do solo, Manihot esculenta.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.