EVAPOTRANSPIRACÃO REAL DA BANANA- NANICA DETERMINADA PELO ALGORITMO METRIC NO SEMIÁRIDO DO CEARÁ

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15809/irriga.2021v26n3p701-716

Resumo

EVAPOTRANSPIRACÃO REAL DA BANANA- NANICA DETERMINADA PELO ALGORITMO METRIC NO SEMIÁRIDO DO CEARÁ1

 

 

RENATA RICHELLE SANTOS DINIZ2; MAILSON ARAÚJO CORDÃO3; HUGO ORLANDO CARVALLO GUERRA4 E CARLOS WAGNER OLIVEIRA5

 

1Trabalho oriundo da Dissertação de Mestrado do primeiro autor.

2 Engenheira de Biossistemas, Mestranda em Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande, Rua: Aprígio Veloso, 882, Bairro Universitário, Bodocongó, CEP: 58429-900. Campina Grande, Paraíba, Brasil. renata_richelle@hotmail.com.

3 Engenheiro Agrônomo, Doutorando em Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande, Rua: Aprígio Veloso, 882, Bairro Universitário, Bodocongó, CEP: 58429-900. Campina Grande, Paraíba, Brasil. mailson.cordao@gmail.com.

4 Engenheiro Agrônomo Ph.D.  Professor Titular, Unidade Acadêmica de Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande, Rua: Aprígio Veloso, 882, Bairro Universitário, Bodocongó, CEP: 58429-900, Campina Grande, Paraíba, Brasil, hugo_carvallo@hotmail.com.

5 Professor PhD, Universidade Federal do Cariri - Av. Ten. Raimundo Rocha, 1639, Cidade Universitária, CEP: 63048-080, Juazeiro do Norte, Ceará, Brasil, carlos.oliveira@ufca.edu.br.

 

 

1 RESUMO

 

O presente trabalho teve como objetivo estimar a evapotranspiração real (ETr) diária através da aplicação do algoritmo METRIC (Mapping evapotranspiration at high resolution with internalized calibration) a partir de técnicas de sensoriamento remoto, numa área irrigada com banana-nanica no município de Barbalha, CE e comparar as estimativas da ET com o método de Penman-Monteith. Foram utilizadas imagens do satélite Landsat-8 OLI/TIRS e dados meteorológicos obtidos numa estação meteorológica automática. Feito o processamento das imagens, determinou-se as ETr’s diárias estimadas a partir da densidade de fluxo de calor latente (LE), obtida como resultado da equação do balanço de energia. As evapotranspirações diárias na área estudada apresentaram valores determinados pelo METRIC entre 5,0 e 6,8 mm dia-1, os quais corroboram com resultados encontrados na bibliografia. Comparando os valores de ETr estimados pelo METRIC e pelo método de Penman- Monteith, observou-se diferenças relativamente baixas, inferiores a 6,0%, o que enquadra como um nível de precisão satisfatório e aceitável, logo, essa é uma boa ferramenta para a determinação das necessidades de água das plantas e na tomada de decisões quanto ao uso dos recursos hídricos.

 

Palavras-Chave: sensoriamento remoto, uso consuntivo, Musa spp.

 

 

DINIZ, R. R. S.; CORDÃO, M. A. C.; GUERRA, H. O.C.; OLIVEIRA, C.W.

REAL EVAPOTRANSPIRATION OF THE DWARF CAVENDISH BANANA DETERMINED BY THE METRIC ALGORITHM IN THE SEMIARID REGION OF CEARA

 

 

 

 

 

2 ABSTRACT

 

The present work aimed to estimate the daily real evapotranspiration (ETr) through the application of the METRIC (Mapping evapotranspiration at high resolution and with internalized calibration) algorithm by means of remote sensing techniques, in an irrigated area cultivated with dwarf cavendish banana in the municipality of Barbalha, CE and to compare the ETr with the one calculated by the Penman-Monteith method. Landsat-8 OLI / TIRS satellite images and   meteorological data obtained in an automatic meteorological station were used. After processing the images, the daily estimated ETr’s were determined from the latent heat flux density (LE), obtained as a result of the energy balance equation. The daily evapotranspiration’s in the studied area presented values ​​estimated by the METRIC algorithmic between 5.0 and 6.8 mm day-1, which of them corroborate with the results .found in the bibliography. Comparing the values ​​of ETr estimated by the METRIC in relation to the Penman-Monteith method, low differences were observed, less than 6.0%, which fits as satisfactory and acceptable level of precision, so this is a good tool for the determination of the crop water requirements and in the decisions-making regarding to the use of water resources.

 

Keywords: remote sensing, water consumption, Musa spp.

Biografia do Autor

RENATA RICHELLE SANTOS DINIZ, Universidade Federal de Campina Grande

Engenheira de Biossistemas, pela Universidade Federal de Campina Grande - Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido. Com atuação em projetos de pesquisa e extensão (PIVIC/PIBIC/PROEXT), na área de geotecnologias e climátologia. Técnica em Auxiliar de Geoprocessamento, pelo Instituto Federal da Paraíba. Mestra em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Campina Grande, na área de concentração de Irrigação e Drenagem. Cursando Tecnólogo em Agropecuária pela Universidade Estadual da Paraíba.

MAILSON ARAÚJO CORDÃO, Universidade Federal de Campina Grande

Agrônomo pela Universidade Federal de Campina (UFCG), Campus Pombal-PB. Mestre em engenharia agrícola na área de irrigação e Drenagem, pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Campus I, Campina Grande, PB. Doutorando em Engenharia Agrícola pela UFCG, Realizou estagiário na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. 

HUGO ORLANDO CARVALLO GUERRA, Universidade Federal de Campina Grande

Possui graduação em Agronomia - Universidad de Concepción (1968), Mestrado em Solos - North Dakota State University (1971), Doutorado em Relações Agua-Solo-Planta - North Dakota State University (1974) e Pos-doutorado em Engenharia de Produção na Unversidade de Concepción (1983). Atualmente é professor titular da Unidade Acadêmica de Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Campina Grande, onde é responsavel pelas disciplinas de Solos Agrícolas, Física de Solos e Relações Água-Solo-Planta em nível de graduação e Pós-Graduação

CARLOS WAGNER OLIVEIRA, Universidade Federal do Cariri

Possui graduação em Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal do Ceará (1994), mestrado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal do Ceará (1997) e doutorado em Biosystems Engineering - University of Tennessee (2003). Atualmente é professor da Universidade Federal do Cariri. Atua no Curso de Agronomia e no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional Sustentável. É líder do grupo de pesquisa e extensão Laboratório Estatística Modelagem e Geoprocessamento (LEMGE). 

Publicado

2021-11-18

Como Citar

DINIZ, R. R. S.; CORDÃO, M. A.; GUERRA, H. O. C.; OLIVEIRA, C. W. EVAPOTRANSPIRACÃO REAL DA BANANA- NANICA DETERMINADA PELO ALGORITMO METRIC NO SEMIÁRIDO DO CEARÁ . IRRIGA, [S. l.], v. 26, n. 3, p. 701–716, 2021. DOI: 10.15809/irriga.2021v26n3p701-716. Disponível em: https://irriga.fca.unesp.br/index.php/irriga/article/view/4448. Acesso em: 1 jul. 2022.